JULHO


Julho...
Que tristezas calam os teus incontáveis dias
fazendo adormecer os meus olhos
banhados no sal e no eco das horas vazias?

Noites frias...
Aborrecidas e enfadonhas rondam a bestialidade
dos meus medos
gritando os meus temores sobre a única certeza
ainda viva em meu coração - o meu amor por você!
Luciah Lopez

Foto: Google.

UM GOLPE NA ALMA

Minh'alma clama nas areias de Lençóis, como uma criança sem berço clama por aconhego. Sinto-me só nessa imensidão de areia e vento, água e sol, retorcendo-me diante de milhões de pensamento que me invadem como tempestade.

Livro-me de mnhas especulações absurdas diante da lagoa azul, tão azul quanto os olhos de quem penso agora. Surgem miragens de corações azuis. De repente, a areia sufoca os corações e os leva a naufragar no mar da ambiguidade.

Meu lamento é um uivo lento e largo. Parece quicar entras as dunas, levado pelas pegadas milimetricamente distribuídas na areia.

Os sinos tocam (que sinos, não os vejo, mas os ouço). As trombetas insistem em chamar para o último mergulho. Minh'alma permanece incólume diante da profundeza de minha dúvida.

Ao fim, deixo-me escorregar goela abaixo do por-do-sol que invadiu, sem pedir licença, meu estribilho.

(Mhario Lincoln, Lençóis Maranhenses/23.06.2016).

DEVASSA...,  APÓS O IMPEACHMENT

Junior, Eliziane e Wellinton

Quem aguenta?

A FALTA DE PAZ...

Noite que não se consegue dormir!

Falta paz ao mundo!

Levando pela madrugada e venho escrever. Leio antes: Mortes da França. O Mundo está à beira do caos... 

15
JU
São Luís
MA

Não sei se o termo devassa é mais adequado. Mas, leio o primeiro texto da coluna de hoje do Cláudio Humberto em que ele afirma que o presidente Michel Temer ordenou que sua equipe realize uma revisão de todos os atos que Dilma tomou nas últimas semanas de governo.